posts em português

Consulta Pública Sobre Programas Religiosos

Meios de comunicação de qualidade são um ingrediente essencial para a manutenção da democracia e para o desenvolvimento cultural e social de um país. Umas das maneiras de se atingir esses objetivos é através de uma rede pública independente de comunicação, que por ser livre de interesses financeiros e partidários pode oferecer uma programação educacional e não-tendenciosa. Em 2007 o governo brasileiro deu um importante passo nessa direção ao criar a Empresa Brasil de Comunicação. Tal medida coloca o Brasil em linha com o que acontece em países de forte tradição jornalística como a Grã-Bretanha, lugar da respeitável BBC (British Broadcasting Corporation).
No entanto, conseguir atingir o alto padrão britânico é algo que irá demandar bastante dos nossos políticos e da sociedade. Exatamente por isso participar da consulta pública abaixo é de fundamental importância:

O Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação ( EBC ) abriu nesta sexta-feira (06/08/2010) consulta pública para recolher contribuições sobre a política de produção e distribuição de conteúdos de cunho religioso pelos veículos da EBC.

Atualmente, a TV Brasil exibe o programa “Reencontro”, produzido por  igreja de orientação evangélica, aos sábados; e os programas “A Santa  Missa” e “Palavras de Vida”, de orientação católica, aos domingos. Já a Rádio Nacional de Brasília transmite aos domingos  celebração de missa de orientação católica. Tais programas são originários das emissoras que foram absorvidas pela EBC após a sua criação e a aprovação da Lei nº 11.652/2008, que regulamenta o Sistema Público de Comunicação.

A consulta foi motivada por reclamação de telespectadores enviada à Ouvidoria da empresa, tendo resultado em um parecer da Câmara de Educação, Cultura, Ciência e Meio Ambiente do Conselho Curador, que indicou a substituição dos atuais programas por um programa sobre o fenômeno da religiosidade no Brasil, “de um ponto de vista plural, assegurada a participação a todas as confissões religiosas”.

A consulta ficará aberta até o dia 04/10/2010. Participe manifestando-se a favor do parecer e contra a veiculação de programas religiosos nos canais de comunicação públicos. A separação igreja-estado agradece!

Advertisements
Standard

4 thoughts on “Consulta Pública Sobre Programas Religiosos

  1. MARIA JOSÉ FERREIRA says:

    EU NÃO ACREDITO QUE A MAIORIA DA POPULAÇAO BRASILEIRA , TELESPECTADORES E OUVINTES DAS EMISSORAS DA EBC, ESTARIAM RECLAMANDO E QUESTIONANDO TAIS PROGRAMA RELIGIOSOS. ACREDITAMOS EM DEUS, SOMOS UMA MAIORIA CRISTÂ. A DEMOCRACIA, O ESTADO LAICO, A LIBERDADE DE CREDO E EXPRESSÃO SÃO DIREITOS NOSSOS, PORQUE ASSIM DECIDIMOS , NÓS POVO BRASILEIRO. E SOMOS MAIORIA CRISTÃ E CRÉDULOS.
    EU SOU TELESPCTADORA ASSÍDUA DA TV BRASIL. TENHO CERTEZA, QUE TEMOS COMUNICADORES CAPAZES DE ENCONTRAR SOLUÇÕES IRREFUTÁVEIS PARA O QUESTIONAMENTO DESSA MINORIA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA, PREOCUPADA COM NOSSA FORMAÇÃO PARA “VER TV”. OBRIGADA PELO ESPAÇO E ATENÇÃO, MARIA JOSÉ

  2. Patrícia Pauli says:

    “A DEMOCRACIA, O ESTADO LAICO, A LIBERDADE DE CREDO E EXPRESSÃO SÃO DIREITOS NOSSOS, PORQUE ASSIM DECIDIMOS”
    Exatamente, a democracia é um regime governamental em que todos os cidadãos tem parte nas decisões tanto de maneira direta como indireta, ou seja, TODOS tem direito e espaço, independente de ser maioria ou minoria, TODOS devem ser vistos como parte do processo. Programas religiosos doutrinadores estão repletos nas emissoras particulares. Acho que já é o bastante! Ao menos nossas redes públicas deveriam manter uma neutralidade diante de doutrinas pessoais/religiosas. Acho tão engraçado que existem diversas manifestações e divulgações religiosas disseminadas e quando acontece o contrário, um ateu fazer quaquer divulgação não é permitido, e o pior, acaba sendo alvo de insultos radicais, acusações grosseiras e absurdas apenas por estar divulgando sua visão de mundo.

  3. Fernando says:

    Concordo com o fato de existir um número exagerado de emissoras de cunho religioso e que a TV pública não deveria transmitir programas desse tipo, visto à natureza laica do mesmo. Entretanto, a TV pública apresenta uma programação de qualidade extremamente baixa, o que acho que não faz muita diferença…

  4. Acho que podem ter os programas, mas com o seguinte aviso no começo de todos os blocos:
    “Este é um programa de ficção deve ser visto comente como entretenimento, as opiniões aqui expressas ja foram desmitificadas ha seculos e não existem evidencias concretas que ateste a legitimidade dos fatos aqui apresentados.
    Aviso: Exposição demasiada a este conteudo por periodos prolongados, especialmente em crianças, podem causar alucinaçãoes, ilusões, reforçar o auto-engano, diminuir a capacidade cognitiva e racional, e em situações extremas causar doenças mentais, ódio, homofobia, fanatismo e violencia.”

    eu nao teria nenhum problema se algum aviso deste tipo fosse colocado na tela. hehe

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s